Notícias Trabalhistas

INSS não recebe documentos por e-mail. Confira ações para proteção de dados

INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não faz atendimento por e-mail. Todos os atendimentos são realizados pelo site ou aplicativo Meu INSS e pela Central 135, que recebe ligações gratuitas de telefones fixos e celulares, e nas Agências da Previdência Social (APS), mediante agendamento, dependendo do caso. 

Portanto, documentos, cartas, solicitações, dados de ações judiciais, entre outros, não devem ser enviados ao e-mail do INSS. 

Para segurança dos cidadãos, o INSS nunca solicita dados por e-mail, nem faz atendimento pelos e-mails institucionais (@inss.gov.br), que são específicos para assuntos internos da instituição. Portanto, não envie documentos para a instituição. 

O INSS somente entra em contato com os segurados nos casos de: remarcação de atendimento, concessão/negativa de benefício, comparecimento à Agência da Previdência Social (APS) e para cumprimento de exigência. Mesmo assim, o servidor informa os dados, não pede ao segurado.

Ultimamente, por conta da troca de perícia presencial por análise documental, a central 135 liga aos segurados que estão com perícia médica agendada e dão a opção de o segurado antecipar o atendimento. O número usado é (11) 2135 0135. Caso desconfie da ligação, desligue imediatamente e ligue para a central 135. 

Canais de atendimento oficiais do INSS

Meu INSS

Por meio da Central de Serviços, disponível por aplicativo de celular e também pelo site meu.inss.gov.br, o cidadão acessa mais de 100 serviços digitais.

No aplicativo é possível também fazer consultas, emitir extratos, realizar agendamentos e solicitar serviços.

Quem não tem intimidade com tecnologia ainda pode contar com a ajuda da Helô (assistente virtual), que explica o passo a passo para todos os serviços.

Site 

O portal do INSS, disponível na internet por meio do endereço www.inss.gov.br, disponibiliza ao cidadão diversos serviços online que dispensam o atendimento presencial, além de informações sobre benefícios e serviços.

Através do portal, é possível requerer benefícios como pensão por morte, emitir o extrato de pagamento e realizar diversas outras consultas.

Além disso, no espaço, são disponibilizadas informações, notícias, explicação dos serviços e comunicados importantes de interesse da população.

Telefone 135

A Central de Atendimento 135 foi criada com o propósito de ampliar o acesso da população aos serviços do INSS através de um canal de atendimento por telefone e funciona de segunda à sábado, das 7 às 22h – horário de Brasília.

Ouvidoria

O cidadão que queira fazer elogios, sugestões, solicitações diversas, denúncias e/ou reclamações pode ligar para o telefone 135 ou acessar o Fala.BR (https://falabr.cgu.gov.br/).

Fique de olho e não caia em armadilha

  • O INSS não liga ou envia e-mail para os segurados para pedir documentos, fotos, ou informações pessoais. Cuidado, pode ser golpe!

  • Recebeu mensagem por aplicativo de alguém se dizendo servidor do INSS? Bloqueie. O instituto não faz esse tipo de contato.

  • O INSS somente entra em contato com os segurados nos casos de: remarcação de atendimento, concessão/negativa de benefício, comparecimento à Agência da Previdência Social (APS), e para cumprimento de exigência. Mesmo assim, o servidor informa os dados, não pede ao segurado.

  • Na saída do banco tenha cuidado 

  • com abordagem de terceiros com oferta de crédito fácil. Pode ser golpe.

  • Todo serviço do INSS pode ser feito pelo site ou aplicativo Meu INSS, que utiliza a plataforma Gov.br. Caso apareça outro "atalho" pela internet, desconfie.

  • Não forneça nome completo, CPF, cópia de documentos, comprovante de renda ou de endereço para desconhecidos. Seus dados são valiosos e em mãos erradas pode causar dor de cabeça.

  • O INSS não utiliza intermediários para concessão de benefícios ou pede depósito adiantado para liberação de recursos financeiros.

Ações para proteger informações

Para reafirmar a segurança de dados dos segurados o INSS tem implementado algumas medidas internas. 

a) Cursos Institucionais em Segurança da Informação - Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), pela Escola da Previdência.

b) Abertura da página na Intraprev do espaço LGPD – Saiba Mais (Canal de compartilhamento de temas voltados para conscientização da instituição sobre LGPD).

c) Criação de um canal de comunicação entre o encarregado pela proteção de dados e titulares das informações pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

d) Criação do Comitê Estratégico de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais para execução do programa de conformidade e em LGPD no INSS.

e) Elaboração em conjunto com a operadora de dados de Relatórios de Impacto Proteção de Dados (RIPDs) em atendimento ao disposto na LGPD para análise minuciosa dos riscos envolvidos em compartilhamento de dados com a operadora, órgãos públicos e etc.

f) Formulação de processos e apontamentos de recursos necessários à Proteção de Dados no instituto (com adoção de modelos e melhores práticas - Frameworks - da LGPD).

g) Acompanhamento e avaliação da qualidade dos processos de proteção de dados realizados internamente e pela Dataprev.

h) Normatização, padronização e revisão dos termos e dos contratos institucionais quanto à LGPD, utilizando os padrões que melhor se adaptem ao modelo público de gestão no governo federal.

i) Estruturação de um plano de respostas a incidentes de segurança com dados pessoais.

FONTE: Ascom
POR: Martha Imenes

1000 Caracteres restantes


Cássia Maia
PUBLICADO POR

CÁSSIA MAIA

JORNALISTA
SOBRE MIM

Sou graduada em Comunicação Social, com ênfase em jornalismo multimídia, Locutora e membro da equipe DP Objetivo como jornalista e redatora.

Os conteúdos deste site não substituem ou dispensam a consulta a um profissional especializado para um caso concreto.
CONFIRA NOSSOS PLANOS DE CONSULTORIA TRABALHISTA

Fica autorizada a divulgação e publicação de qualquer conteúdo gratuito deste site desde que citadas as fontes.