Notícias Trabalhistas

Comissão aprova projeto que garante seguro-defeso para novas categorias pesqueiras

Câmara dos Deputados

A Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que amplia os beneficiários do seguro-desemprego durante o período do defeso (quando a pesca é proibida para permitir a reprodução das espécies). O texto, que ainda vai ser analisado por outras três comissões, inclui as seguintes categorias:

  • catadores de caranguejo, de siri e de marisco;
  • descascadores de camarão;
  • auxiliares de corte de peixe;
  • produtores, pescadores ou extrativistas de iscas vivas;
  • roladores de embarcações de pesca; e
  • demais trabalhadores de suporte à pesca que não exerçam outra atividade remunerada ou possuam outra fonte de renda.

A proposta também prevê que o prazo para receber o benefício poderá ultrapassar o de concessão (três a cinco meses) se o período do defeso for superior a isso.

Equiparação

A comissão aprovou o substitutivo do relator, deputado Luiz Gastão (PSD-CE), ao Projeto de Lei 5094/20, do ex-deputado Rubens Bueno (PR). O novo texto ampliou as categorias beneficiárias e ajustou o prazo de recebimento do seguro-desemprego ao período do defeso.

Gastão afirmou que a medida aprovada equipara as demais categorias pesqueiras ao pescador profissional artesanal, único que recebe o seguro-desemprego durante o defeso. Esse direito é previsto na Lei do Seguro-Defeso.

“Os fundamentos que justificam a concessão do seguro-defeso aos pescadores profissionais artesanais são os mesmos que agora balizam as demais categorias”, disse Gastão.

Tramitação

O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, nas comissões de Saúde; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

FONTE: Agência Câmara de Notícias
POR: Janary Júnior

1000 Caracteres restantes


Cássia Maia
PUBLICADO POR

CÁSSIA MAIA

JORNALISTA
SOBRE MIM

Sou graduada em Comunicação Social, com ênfase em jornalismo multimídia, Locutora e membro da equipe DP Objetivo como jornalista e redatora.

Os conteúdos deste site não substituem ou dispensam a consulta a um profissional especializado para um caso concreto.
CONFIRA NOSSOS PLANOS DE CONSULTORIA TRABALHISTA

Fica autorizada a divulgação e publicação de qualquer conteúdo gratuito deste site desde que citadas as fontes.

Grupo: false | Modulo: false | Exibir: true